Botões de Blazer

7 de maio de 2011

Caseados a mão: só em Ternos Sob Medida

9 de abril de 2011

Aproveitando o último assunto, aproveito para mostrar as linhas de seda usadas para fazer as casas dos botões a mão.

Hoje em dia só se encontra em roupas feitas sob medida.

Caseados feitos a mão

10 de março de 2011

Como diria Beau Brummell, “a elegância masculina é feita em grande parte daquilo que não se nota, não se vê”.

A diferença reside em pequenos detalhes como nas mangas dos ternos sob medida onde as casas (caseados) dos botões são verdadeiras e feitas à mão.

A primeira vista você pode achar que falta um botão (foto 1) mas é só impressão pois a casa foi desabotoada displicentemente (foto 2). O acabamento artesanal se rende a esses detalhes.

Precisar não precisa, mas o terno sob medida permite essa “displicência”.

Foto1

 

Foto 2

visite outros sites sobre o assunto

www.dcarlos.com.br

www.turquesasp.com.br

www.camisariasobmedida.com.br

Como se faz um tecido

12 de fevereiro de 2011

O Tecido é o resultado do entrelaçamento de diversos fios em 2 sentidos. Horizontal (trama – largura do tecido) e vertical (urdume – comprimento do tecido). O tecido possui cor, forma e textura.

Em geral, são construídos no tear em dois formatos: tela e sarja

O entrelaçamento dos fios determina o tipo de tecido, que pode ser uma gabardine, tricoline, cambraia, tropical, etc.

Camisas
• Tricoline: Muito utilizado na camisaria. Sua estrutura é em tela podendo ser liso, listrado ou xadrez.
• Fil a fil: Feito com fios diferentes no urdume e na trama (sempre com branco) o que forma um efeito mesclado bem sutíl.
• Maquinetado: Tecidos texturizados em diferentes formatos como diagonais, horizontais, listrados em relevo etc.
• Oxford: Tecido encorpado de origem inglesa com estrutura em tela. Ideal para camisas casuais.

Ternos
• Gabardine: Tecido de meia estação para usar o ano todo. Possui uma trama discreta em diagonal.
• Cambraia: Tecido leve de meia estação com a estrutura mais aberta em forma de tela.
• Tropical: Tecido de estrutura mais leve e aberta, ideal para o verão.

Padrões clássicos consagrados
• Pied-de-poule: Xadrez pequeno que imita o rastro deixado pelo pé de galinha
• Escama de peixe: Com pequenas escamas. É um padrão clássico muito usado em ternos e camisas.
• Risca-de-giz:
• Tweed: É um padrão tradicional com tecido mais pesado, tramado com fios que fazem “bolinhas” coloridas.
• Olho-de-perdiz: Parecido com o tweed, mais plano e sem o colorido
• Príncipe de Gales: Xadrez de origem inglesa, muito usado em ternos

se você se interessa pelo assunto acesse também www.dcarlos.com.br e www.turquesasp.com.br

 

Por que um Terno ou Camisa sob medida?

12 de fevereiro de 2011

A cultura sob medida é uma tendência mundial.
A globalização e o apelo comercial da indústria impõem um ritmo de consumo cada vez mais acelerado, que estimula a massificação e diminui os contatos pessoais.

Enquanto o mundo se rende aos apelos comerciais e ao consumo desenfreado, o Life Style sob medida atende aos anseios e desejos particulares de cada um, seja pelo atendimento individual, personalização de um produto ou serviço ou pelo simples prazer de se sentir único.

Para saber mais acesse os sites  www.dcarlos.com.br ou www.turquesasp.com.br

Cuidados com a roupa

12 de janeiro de 2011

Lavagem
• Lave a roupa sempre em água fria.
• Solte os botões e levante a gola das camisas antes de lavar.
• Verifique os bolsos e retire as barbatanas das camisas.
• Não encha muito a lavadora.
• Evite o excesso de sabão em pó na máquina.
• Enxágüe bem para eliminar os resíduos químicos do sabão.
• Não torça a roupa. Apenas pressione suavemente.

Secagem
• Evite o uso de secadoras para evitar encolhimentos.
• Não exponha a roupa diretamente ao sol forte.
• Procure secar as roupas onde haja corrente de vento.

Passar
• Passe as camisas enquanto ainda estiverem levemente úmidas.
• Se a roupa estiver muito seca, umedeça-a com um borrifador e coloque a peça em um saco plástico por 20 minutos para que a umidade se espalhe uniformemente por todo o tecido.
• Aconselha-se colocar uma fronha ou tela para proteger a roupa do aço do tambor das máquinas, evitando o desgaste das peças como punhos e colarinhos.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.